Aumento na tarifa de água em Vilhena é alvo de críticas na Câmara

NO AR

CONEXÃO BR com Neto Granato e Evandro Filho

TOP 5

1

A Vida É Um Rio

Raffa Torres
2

Asas

Luan Santana
3

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
4

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
5

Pisadinha

Diego e Victor Hugo – part. Raí Saia Rodada

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 10 de Março de 2017

Aumento na tarifa de água em Vilhena é alvo de críticas na Câmara

O aumento na tarifa mínima de água anunciado nesta quinta-feira, 09 de março, pela direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Vilhena, foi alvo de duras críticas na Câmara de Vereadores.

Na sessão extraordinária realizada às 08h00 desta sexta-feira, 10, que aprovou dois Projetos de Leis de autoria do Poder Executivo, em benefício do SAAE, o 5.035/2017 de R$ 7.023.067,45 e o 5.036/2017 de R$ 22.963.142,78, os oito vereadores presentes na Casa de Leis, discursaram e atacaram o anúncio de aumento na conta de água. O reajuste anunciado pela Autarquia é de 40%.

Ao usar a tribuna, o vereador Samir Ali (PSDB) classificou como abusivo o aumento anunciado e ironizou a administração municipal dizendo que “60 dias não foram suficientes para que a prefeitura comprasse lâmpadas para a Secretaria de Obras e materiais básicos para o Hospital Regional, mas foram suficientes para que fosse tomada a decisão de aumentar a conta de água que interfere diretamente na vida do vilhenense”. A crítica foi abraçada pelos demais vereadores que também se posicionaram contra o aumento.

“Nós fomos eleitos para representar o povo e uma decisão dessa [reajuste] deveria passar por essa casa de leis. Penso que esse tema precisa ser debatido para que possamos encontrar uma melhor saída”, conclui Samir Ali.

Célio Batista (PR) também disparou contra o reajuste. “É preocupante. Em 2013 teve um aumento de 20% na conta de água. Já em 2014 houve um reajuste de 30% e agora em 2017 o SAAE anuncia mais 40% de aumento. Na minha visão, o que poderia estar sendo discutido hoje, é um reajuste de 5%. Não vejo motivos para que o aumento chegue a 40%. Isso precisa ser discutido”, comentou.

O vereador França Silva (PV) fez uso da palavra para deixar claro, que o reajuste na conta de água não foi aprovado pelos vereadores, uma vez que a Lei 832/97 aprovada na Câmara, deu autonomia para que o SAAE fizesse reajuste na tarifa de água sem a necessidade de aprovação da Casa de Leis.

Segundo Samir Ali, os vereadores poderão propor uma alteração da Lei 832/97 que deu autonomia ao SAAE. Ele disse que questões que atingem diretamente a população, precisam passar pela aprovação da Câmara.

Os vereadores Rafazel Mazieiro (PSDB), Ronildo Macedo (PV), Leninha do Povo (PTB), Vera da Farmácia (PMDB) e o presidente da Câmara, Adilson de Oliveira (PSDB) também criticaram o reajuste anunciado pelo SAAE.

Antes do término da sessão, a assessoria da Câmara informou que o diretor do SAAE, Cesar Stefanes disse que irá à Casa de Leis para justificar aos parlamentares os motivos que levaram ao aumento na tarifa.





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Billtech Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados