Livro sobre Rondon fortalece marketing do Turismo de Rondônia

NO AR

MANIA SERTANEJA com Hailton Freitas

TOP 5

1

DESPEDIDA DE CASAL

GUSTAVO MIOTO
2

MOÇA DO CAIXA

RAFFA TORRES
3

FACAS

DIEGO & VICTOR HUGO part. BRUNO & MARRONE
4

ÚLTIMO BEIJO

BRUNO & MARRONE part. WESLEY SAFADÃO
5

ME ADOTA

SANDRO & CICERO part. MC MIRELLA

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 12 de Março de 2014

Livro sobre Rondon fortalece marketing do Turismo de Rondônia

O livro Caminhos de Rondon, de autoria do superintendente de Turismo do Estado, Júlio Olivar, constitui-se numa forte estratégia de marketing para o turismo rondoniense.

No ano passado, o próprio titular da Setur se reuniu com o secretário de Turismo do estado do Mato Grosso, Jairo Pradela, para apresentar a proposta de criar um circuito turístico que envolva os dois estados. A rota receberia o nome de “Caminhos de Rondon”.

Esse circuito deveria começar pela terra natal do Marechal Cândido Rondon, o distrito pantaneiro de Mimoso, e culminaria na comunidade de Santo Antônio do Rio Madeira (cidade extinta em 1945, que ficava a sete km de Porto Velho), ponto final das linhas telegráficas.

A ideia é que os turistas percorram os locais mais importantes no trajeto da Comissão Rondon. Os anos 2014 e 2015 servirão à rememoração do significado do marechal para o Brasil. Serão os centenários, respectivamente, da Expedição Roosevelt-Rondon e da inauguração das linhas telegráficas.

De acordo com Olivar, a passagem da comissão telegráfica por Mato Grosso (na época, Rondônia era parte do território mato-grossense) permitiu o mapeamento e os estudos científicos e etnológicos de toda essa região, até então desconhecida.

“Rondon foi o maior sertanista do Brasil, modificou a cartografia nestas fronteiras [do Brasil] e traçou a política indigenista do país. Foi indicado ao Prêmio Nobel e um dos nomes mais reverenciados da História", conta ele.

Segundo o superintendente de Turismo, uma rota turística sobre o Patrono das Telecomunicações do Brasil, incluindo visitas desde o local em que ele nasceu, passando pelos antigos postos telegráficos, os rios e acidentes geográficos por ele explorados, pode ganhar uma conotação internacional.

O Ministério do Turismo já investiu mais de R$ 3 milhões no Memorial Rondon, em Mimoso. Além dos pontos históricos, o trecho até Rondônia inclui muitas belezas naturais – a região, com cerca de 1400 km de percurso.

Esse destino inclui quatro biomas: pantanal, cerrado, amazônico e savana. Um dos pontos mais interessantes é o Rio Roosevelt (antigo Rio da Dúvida), cuja nascente fica em Vilhena. Várias lendas, como as minas de Urucumacuã, também compõem os atrativos turísticos dos caminhos de Rondon que, graças a Júlio Olivar, ganha destaque no turismo e na literatura.

 

Texto: João Albuquerque
Arte: Fernando Fontes
Assessoria Setur





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Billtech Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2021 Todos os direitos reservados