Prefeitura realiza campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

NO AR

A HORA DO MUÇÃO com Mução

TOP 5

1

A Vida É Um Rio

Raffa Torres
2

Asas

Luan Santana
3

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
4

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
5

Pisadinha

Diego e Victor Hugo – part. Raí Saia Rodada

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 18 de Maio de 2020

Prefeitura realiza campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Em alusão a data de conscientização, psicóloga da Prefeitura faz recomendações para proteção de crianças e adolescentes

Nesta segunda-feira, 18 de maio, é lembrado o dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Com o lema “Faça Bonito”, a campanha nacional também acontece em Vilhena e tem o objetivo de mobilizar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar a violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil. Na cidade o Centro de Atendimento à Mulher (CAM) aproveita a data para reforçar a importância de falar sobre o assunto e repassa algumas dicas para que todos consigam identificar as vítimas e agir da forma correta.

Segundo a psicóloga do CAM, Letícia Santi, o tema é delicado e deve ser abordado para engajar a sociedade nesta causa. “Temos como objetivo oferecer informações aos pais e protetores para que consigam identificar sinais, denunciar abusos e manter as crianças seguras. Infelizmente, nos dias atuais há enorme quantidade de tabus envolvendo o tema como, o preconceito, o medo e principalmente o silêncio das vítimas, que muitas vezes não compreendem exatamente o que está acontecendo com elas. Até mesmo as famílias às vezes sentem ‘vergonha’, ou não sabem como reagir a essas situações”, conta.

Todos esses elementos dificultam os envolvidos a falar do tema e, por isso, as estatísticas de ocorrências de abuso não refletem a realidade, pois muitos casos na cidade permanecem ocultos pelo silêncio. “Quebrar o silêncio pode significar ajudar outras vítimas a terem força de lutar contra seus agressores e de relatar a realidade vivida. O ciclo de abuso pode parar quando as autoridades chegam aos infratores. Mas, para isso, é importante que as vítimas e familiares não fiquem em silêncio”, esclarece Letícia.

A psicóloga dá algumas dicas para pais e protetores: (1) Converse com as crianças e adolescentes, (2) Explique a eles os cuidados e limites do corpo, (3) Procure participar da rotina das crianças e adolescentes (o que fazem, com quem andam, o que acessam na internet), (4) Preste atenção no comportamento das crianças e adolescentes, pois alguns sinais podem ser indício de violência.

 

Neste link está disponível um vídeo com a profissional que dá algumas recomendações e informações: https://www.facebook.com/municipiodevilhena/videos/658524321373406/

 

Fonte: Semcom





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Billtech Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados