Comissão temporária se reúne com entidades públicas em busca de agilizar aposentadoria de servidores

NO AR

MANIA SERTANEJA com Hailton Freitas

TOP 5

1

A Vida É Um Rio

Raffa Torres
2

Asas

Luan Santana
3

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
4

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
5

Pisadinha

Diego e Victor Hugo – part. Raí Saia Rodada

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 27 de Abril de 2018

Comissão temporária se reúne com entidades públicas em busca de agilizar aposentadoria de servidores

Reunião ficou prejudicada pela ausência do responsável pela Segep

A Comissão Temporária Especial destinada a debater e acompanhar o andamento dos processos de aposentadoria que tramitam nas secretarias do poder Executivo, bem como no Instituto de Previdência do Estado (Iperon), se reuniu de forma extraordinária na quinta-feira (26), com a presidência do deputado Anderson do Singeperon (Pros) e com o deputado Jesuíno Boabaid (PMN).

Participaram da reunião membros da Secretaria de Educação (Seduc), do Tribunal de Contas (TC-RO), Iperon e servidores. No entanto, a Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Segep), apontada como o órgão onde os processos "travam", não enviou representante, mas encaminhou ofício pedindo reagendamento de data, que em acordo, ficou para o próximo dia 16 de maio.

A presidente do Iperon, Maria Rejane Sampaio dos Santos Vieira, apresentou dados atualizados relacionados a processos de aposentadoria, voltando a informar que no instituto, saem mais processos do que os que estão tramitando. No entanto, reforçou informação já trazida à reunião anterior de que o grande gargalo é, além dos atrasos na Segep, o próprio servidor, que entra com pedido de aposentadoria e na hora de dar o ciente para o processo ser finalizado, pede para cancelá-lo.

"Este procedimento do servidor causa grandes prejuízos, pois se deixa de fazer um processo de um servidor que quer e precisa da aposentadoria", destacou Rejane.

Questionado pelo deputado Jesuino sobre o tempo de análise dos processos no Tribunal de Contas, Adriel Pedroso afirmou que no passado o prazo chegou a ser de até três anos, no entanto, com a modernização de gestão e digitalização dos processos, de um a três meses os físicos e de dias os eletrônicos. A presidente do Iperon afirmou que no instituto, processos que chegam completos, sem pendência de documentação, são despachados em até dois meses.

O presidente da Comissão, deputado Anderson, sugeriu que se faça uma visita ao Iperon e Segep, tendo em vista que são os apontados pelos servidores pelo travamento dos processos. "O trabalho dos deputados é fiscalizar e em havendo problemas, propor alterações na legislação para agilizar os processos. O que não pode é um servidor demorar até três anos para aposentar e nem desistir da aposentadoria provocando um retrabalho em todos os setores".

Ao final da reunião ficou então reforçado o convite a Seduc, Iperon, Segep, TC-RO e Procuradoria da ALE para reunião ordinária no dia 16 de maio, às 16h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa.

 

Foto: Ronaldo Afonso

Fonte: ALE/RO





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Billtech Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados