Audiência discutirá ensino da História e Cultura Afro–Brasileira e Indígena nas escolas estaduais

NO AR

CONEXÃO BR com Neto Granato e Evandro Filho

TOP 5

1

A Vida É Um Rio

Raffa Torres
2

Asas

Luan Santana
3

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
4

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
5

Pisadinha

Diego e Victor Hugo – part. Raí Saia Rodada

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 13 de Novembro de 2017

Audiência discutirá ensino da História e Cultura Afro–Brasileira e Indígena nas escolas estaduais

Convocada pelo deputado Anderson do Singeperon (PV), audiência alerta para o cumprimento de legislação federal...

Apoiador do Novembro Afro, movimento negro que inicia nesta segunda-feira (13), com vasta programação em Porto Velho, o deputado Anderson do Singeperon (PV) realiza no próximo dia 20, Dia Nacional da Consciência Negra, às 14 horas, audiência pública para discutir a efetividade das leis federais nº 10.639/2003 e 11.345/2008. Elas dispõem sobre a obrigatoriedade do ensino da “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”, bem como a sua execução na grade curricular de ensino nas escolas estaduais.

Ao solicitar a realização da audiência à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, Anderson ressaltou que a legislação federal acrescentou artigos à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). As normas estabelecem o ensino sobre cultura e história afro-brasileiras dentro do currículo escolar, especificando que o ensino deve privilegiar o estudo da história da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional.

“Desde a vigência da Lei nº 10.639/03, a temática se tornou obrigatória nos currículos do ensino fundamental e médio, no entanto, percebe-se que em nosso Estado essa legislação não vem sendo respeitada nas metodologias de ensino e materiais didáticos”, alertou o deputado.

Anderson Pereira destacou, ainda, que estados como Bahia e São Paulo já possuem legislação própria para a aplicação da lei. 

 

Novembro Afro

 

A iniciativa que segue até 21 de novembro contará com diversas atividades alusivas à consciência negra na capital, dentre elas cineclube, debates com estudantes da rede pública, caminhada contra a discriminação racial, seminários, feira cultural, exposições culturais, capoeira e a própria audiência pública.

 

As palestras, cine clube, seminários e algumas das apresentações culturais serão realizados no Museu da Memória Rondoniense. A feira cultural afro-brasileira e exposição de capoeira serão realizadas no Mercado Cultural e a caminhada de combate ao racismo, discriminação e intolerância religiosa será no dia 15 de novembro, na Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, todos na capital.

Para esclarecimentos e participação das atividades está disponível o telefone (69) 99258-6763, com Antônio Neto. 

 

ALE/RO - DECOM





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Billtech Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados