Eletrobras Distribuição Rondônia explica sobre sistema de bandeiras tarifárias

NO AR

SUPER TARDE 94 com Cléo Louzada

TOP 5

1

Milu

Gusttavo Lima
2

Dois Lados

Wesley Safadão
3

Quando a Bad Bater

Luan Santana
4

Ferida Curada

Zé Neto e Cristiano
5

A Culpa É do Meu Grau

Diego e Victor Hugo part. Zé Neto e Cristiano

ENQUETE

Você ouve o Programa do Mução na Rádio Onda Sul?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 14 de Março de 2017

Eletrobras Distribuição Rondônia explica sobre sistema de bandeiras tarifárias

O sistema de Bandeiras Tarifárias foi instituído pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na resolução nº. 547, de maio de 2013 e iniciou a partir de 2015. É aplicado por todas as concessionárias do país, conectadas ao Sistema Interligado Nacional – SIN com o objetivo de o Governo Federal custear o uso das termoelétricas. Essa medida foi necessária devido à baixa geração de energia por usinas hidrelétricas por consequência da estiagem.

A ANEEL entendeu que o consumidor deve ter a informação mais precisa e transparente sobre o custo real da energia elétrica. Por isso, as bandeiras sinalizam, mês a mês, o custo de geração da energia elétrica que será cobrada dos consumidores. Não existe, portanto, um novo custo, mas um sinal de preço que sinaliza para o consumidor o custo real da geração no momento em que ele está consumindo a energia, portando deve ser mantido o uso eficiente e o combate ao desperdício.

O sistema possui três bandeiras: verde, amarela e vermelha e indicam se a energia custa mais ou menos, em função das condições de geração de eletricidade:

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,020 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha - Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,030 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Bandeira vermelha - Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,035 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

A bandeira tarifária estava verde desde dezembro, ou seja, sem cobrança extra na conta. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a previsão das vazões que chegam nos reservatórios das hidrelétricas ficou abaixo da expectativa e em março a bandeira será amarela, com custo adicional de R$ 2,00 a cada 100(kWh) consumido.

No final de cada mês, a ANEEL disponibiliza em seu site ( http://www.aneel.gov.br/ ) o valor da bandeira para o mês seguinte. Nesse endereço é possível consultar o calendário anual de divulgação das bandeiras.

A Eletrobras Rondônia, sendo a Distribuidora de energia do Estado, é regulada pela ANEEL e apenas cumpre o que é determinado pela Agência. Sempre atenta à satisfação da população, busca prestar um serviços de qualidade.





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Softwei, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2019 Todos os direitos reservados