Polícia Federal fecha garimpo ilegal em Aripuanã (MT)

NO AR

DEIXA TOCAR com Fernando Barros

TOP 5

1

Milu

Gusttavo Lima
2

Ferida Curada

Zé Neto & Cristiano
3

Quando a Bad Bater

Luan Santana
4

Para, Pensa e Volta

Yasmin Santos part. Marília Mendonça
5

Dois Lados

Wesley Safadão

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 08 de Outubro de 2019

Polícia Federal fecha garimpo ilegal em Aripuanã (MT)

Esta etapa tem o objetivo de cessar as atividades de um grande garimpo ilegal no município

A Polícia Federal desencadeou, nesta segunda-feira (07/10), a 2ª fase da Operação Trypes em ação conjunta com forças de segurança do Estado de Mato Grosso.

Esta etapa tem o objetivo de cessar as atividades de um grande garimpo ilegal no município de Aripuanã.

De acordo com as investigações, além do impacto ambiental na região, o garimpo ilegal estaria causando grande impacto social no município com aumento do índice de homicídios, tráfico de drogas, prostituição, etc.

Cerca de 160 policiais, além de servidores do IBAMA e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Mato Grosso - SEMA/MT atuarão na área durante toda semana.

 

*O nome da operação deriva da palavra grega "trypes" que significa “buracos”. Esta é uma alusão à situação em que ficou a região após a ação dos criminosos.

A primeira fase da operação

 

A Polícia Federal deflagrou, no dia (26/9), a Operação Trypes*, com o objetivo de desarticular organização criminosa atuante na extração e comercialização ilegal de ouro da Amazônia Legal.

Cerca de 60 policiais federais cumpriram 16 mandados de busca e apreensão, dois mandados de suspensão de atividade econômica, dois mandados de bloqueio de contas e seis mandados de prisão preventiva nos municípios mato-grossenses de Aripuanã, Alta Floresta, Juína, Nova Bandeirantes e Paranaíta.

As investigações apontaram que a comercialização ocorria por meio de um articulado esquema de lavagem de dinheiro, envolvendo emissão de documentos falsos e uso de contas bancárias abertas para esta específica finalidade criminosa.

Os presos, depois de passarem por exame de corpo e delito, foram encaminhados para as cadeias públicas da cidade ou região em que residem. 

As ordens judiciais foram expedidas pela 5ª. Vara da Justiça Federal de Mato Grosso e o inquérito corre em segredo de justiça.

 

Fonte: TV NOTÍCIAS





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2019 Todos os direitos reservados