Após requerimento de vereador Rogério Golfetto, secretário de saúde vai à Câmara para dar explicações sobre a situação da Saúde

NO AR

ARENA UNIVERSITÁRIA com Gabriel Zamboni

TOP 5

1

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
2

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
3

Declaração Pro Bar

Guilherme e Benuto part. Israel e Rodolffo
4

Liberdade Provisória

Henrique e Juliano
5

Bebi Minha Bicicleta

Zé Neto e Cristiano

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 12 de Abril de 2017

Após requerimento de vereador Rogério Golfetto, secretário de saúde vai à Câmara para dar explicações sobre a situação da Saúde

Sabatina durou mais de uma hora e meia

O vereador Rogério Golfetto (PTN) teve aprovado o requerimento onde pedia a presença do secretário de saúde, Marco Aurélio Vasques, no plenário da Câmara de Vereadores para dar explicações a respeito da situação da saúde em Vilhena.

Com o auditório da Casa de Leis lotado, os vereadores sabatinaram o secretário Vasques que respondeu a diversas questões e dúvidas de todos os vereadores. O foco inicial dos questionamentos foi a situação de medicamentos e atendimento do Hospital Regional.

Vasques relatou que desde o dia 15 de março a farmácia do hospital tem um software de gestão que permite saber quando um medicamento entra e sai e quanto há no estoque, além de registrar em qual paciente foi aplicado e qual dose foi ministrada.

O vereador Rogério Golfetto inquiriu o secretário sobre a falta de médicos no Regional, que tanto é citada pelos usuários. Vasques respondeu que realmente havia uma grande falta de profissionais, e ainda existe, em algumas especialidades. No entanto, a solução foi realizar um concurso público, onde o problema foi praticamente solucionado com a contratação efetiva de médicos e as escalas de atendimento foram fechadas.

Vasques foi perguntado quando seria o prazo máximo, para que todas as deficiências fossem sanadas no Hospital Regional e no sistema de saúde municipal. O secretário foi enfático em dizer que a situação estava muito complicada quando a nova gestão assumiu, no entanto, é necessário mais meses, “Temos uma emenda de cerca de R$ 700 mil revertida em medicamentos que deverá pôr fim aos problemas de remédios, material penso e demais necessidades. Mas acredito que estaremos com tudo funcionando em meados de junho”, declarou o secretário.

Por fim, o secretário agradeceu a atenção de todos os presentes, e que sempre estará disponível a atender as solicitações dos vereadores e da população.

Rogério Golfetto salientou que o requerimento para o secretário vir até a Câmara dar explicações advém do grande número de reclamações sobre o sistema de saúde municipal, que ele e os demais vereadores ouviram no começo do ano.

“Vamos apoiar em tudo o que for preciso a saúde do município, mas precisamos que a população sinta a melhora, somos fiscais do povo”, encerrou Golfetto.

 

DICOM - Câmara de Vilhena





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados