Taxista denuncia cadeirante por fraude após ela não pagar corrida

NO AR

SUPER TARDE 94 com Cléo Louzada

TOP 5

1

Milu

Gusttavo Lima
2

Dois Lados

Wesley Safadão
3

Quando a Bad Bater

Luan Santana
4

Ferida Curada

Zé Neto e Cristiano
5

A Culpa É do Meu Grau

Diego e Victor Hugo part. Zé Neto e Cristiano

ENQUETE

Você ouve o Programa do Mução na Rádio Onda Sul?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 20 de Outubro de 2016

Taxista denuncia cadeirante por fraude após ela não pagar corrida

No final de semana, outro taxista também a denunciou. Caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Colorado do Oeste.

Um taxista da cidade de Colorado do Oeste (RO), no Cone Sul, procurou a Polícia Militar (PM) após uma cliente cadeirante, de 36 anos, fazer uma corrida de R$120 até Cabixi (RO) e não pagar. Conforme a polícia, outro taxista já denunciou a mulher pela mesma situação no final de semana. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Colorado do Oeste pelo crime de fraude.

Segundo o taxista, que preferiu não se identificar, no final da tarde da última terça-feira (18) a mulher o procurou para saber se ainda tinha vaga para uma corrida com outros passageiros até Cabixi. Porém, o profissional explicou que não trabalha com esse tipo de serviço e ela aceitou fazer o trajeto fretando o carro inteiro.

“Informei que a corrida iria sair por R$120, pois são quase 50 quilômetros até lá, e ela não se opôs em nenhum momento. Quando chegamos ao destino, ela mexeu na bolsa e disse que havia perdido o dinheiro”, relatou o taxista.

Em seguida, a mulher teria pedido para que o homem a levasse até uma agência bancária para retirar a quantia e pagá-lo. No entanto, ao chegar no local, a funcionária que os atendeu verificou que não havia saldo na conta há muito tempo.

Do lado de fora da agência, o taxista solicitou para que ela pelo menos pagasse a despesa de combustível que ele teve. “Ela começou a erguer a voz e chamei a polícia para que ela não dissesse para outros uma outra história em que eu seria o vilão”, contou o taxista.

A PM chegou ao local e registrou um boletim de ocorrência pelo crime de fraude. A mulher foi liberado após o procedimento. De acordo com a delegacia, no final de semana outro taxista havia denunciado a mulher pelo mesmo crime.





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Softwei, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2019 Todos os direitos reservados