Rondônia – PF desarticula grupo que desviou R$1,2 mi fraudando o INSS

NO AR

Onda Sul Fm com As Melhores Músicas

TOP 5

1

Milu

Gusttavo Lima
2

Dois Lados

Wesley Safadão
3

Quando a Bad Bater

Luan Santana
4

Ferida Curada

Zé Neto e Cristiano
5

A Culpa É do Meu Grau

Diego e Victor Hugo – part. Zé Neto e Cristiano

ENQUETE

Você ouve o Programa do Mução na Rádio Onda Sul?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 14 de Março de 2017

Rondônia – PF desarticula grupo que desviou R$1,2 mi fraudando o INSS

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (14) em Rondônia a Operação Consilium Fraudis, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso suspeito de cometer fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no estado. Segundo a PF, os suspeitos são responsáveis por um prejuízo de cerca de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos. Ao todo, 34 mandados judiciais estão sendo cumpridos nas cidades de Porto Velho, Ariquemes (RO) e Alto Paraíso (RO).

Dentre os mandados que estão sendo cumpridos por 65 policiais federais, três são de prisão temporária, nove de busca e apreensão e 22 de condução coercitiva. De acordo com a PF, calcula-se que a operação evitou um prejuízo de R$ 7 milhões.

Conforme a PF, a investigação apurou que servidores do INSS de Ariquemes recebiam propina em troca da concessão de benefícios previdenciários fraudulentos, principalmente em casos de pensão por morte rural. O grupo criava processos administrativos com documentos falsos para justificar a liberação dos benefícios.

Em alguns casos, os processos nem chegavam a ser criados, as informações eram inseridas diretamente no sistema da Previdência Social pelos servidores investigados. Na maioria dos casos, a propina era paga por meio de empréstimos consignados que eram obtidos pelos titulares dos benefícios fraudados e, posteriormente, repassados ao grupo criminoso.

A PF explica que os suspeitos responderão, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de associação criminosa, uso de documento falso, inserção de dados falsos em sistemas de informação, corrupção passiva e corrupção ativa.

Além do cumprimento dos mandados, a Justiça Federal determinou o afastamento de dois servidores do órgão, a suspensão de 30 benefícios previdenciários e a proibição de quatro investigados de frequentarem qualquer agência da Previdência Social no Brasil, de acordo com a PF.





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Softwei, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2019 Todos os direitos reservados