Ataque em Londres deixa 4 mortos perto do Parlamento britânico

NO AR

JORNAL DA MANHÃ com Adelino Lima

TOP 5

1

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
2

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
3

Declaração Pro Bar

Guilherme e Benuto part. Israel e Rodolffo
4

Liberdade Provisória

Henrique e Juliano
5

Bebi Minha Bicicleta

Zé Neto e Cristiano

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 23 de Março de 2017

Ataque em Londres deixa 4 mortos perto do Parlamento britânico

Quatro pessoas morreram na tarde desta quarta-feira (22) após um ataque ocorrido próximo ao Parlamento britânico, em Londres, Inglaterra. O ataque, tratado como terrorista pela polícia local, foi causado por um homem que dirigia um veículo e atropelou pedestres na região. As vítimas foram confirmadas por Mark Rowley, chefe do departamento de contra-terrorismo local. Há cerca de 20 feridos, mas não há um número oficial sobre essas vítimas.

Segundo a imprensa local, um Hyundai cinza atropelou várias pessoas na ponte de Westminster antes de seguir até o edifício do parlamento. Após jogar o veículo contra as grades que cercam o prédio, o motorista saiu do carro, esfaqueou um policial e, quando tentava atacar outro agente, foi baleado por outros membros das forças de segurança. Entre os 4 mortos estão o policial e o homem que fez o ataque.

“Trata-se de um incidente terrorista até que saibamos o contrário”, afirmou a Scotland Yard, o quartel-general da Polícia Metropolitana de Londres.

Agentes armados isolaram a região do ataque e a polícia solicitou à população para que evite comparecer às proximidades do Parlamento.

“A Polícia pede às pessoas para que evitem as seguintes áreas: a praça do Parlamento, Whitehall, a ponte de Westminster, a ponte de Lambeth, a rua de Victoria”, declarou o comunicado.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, presidiu nesta quarta-feira uma reunião do comitê de emergência Cobra, integrado pelos principais ministros do país, que teve como pauta o ataque desta quarta-feira, informou um porta-voz oficial.

O caso ocorreu depois da sessão semanal na Câmara, que realiza perguntas à primeira-ministra. A chefe do governo não foi ferida, segundo fontes da residência oficial de Downing Street. Os deputados chegaram a ficar reunidos na câmara baixa do Parlamento após o ataque, e as sessões foram suspensas.

Testemunhas contaram a veículos de imprensa locais que viram a primeira-ministra britânica sair de maneira apressada e ser colocada em um veículo enquanto eram ouvidos disparos. 

O ataque aconteceu no mesmo dia em que a Bélgica e as instituições da União Europeia homenagearam as vítimas dos atentados terroristas de Bruxelas, ocorrido há um ano e que deixaram 32 mortos e 320 feridos.

O tiroteio ocorreu um dia depois que, por motivos de segurança, o Reino Unido se somou aos Estados Unidos na decisão de proibir computadores portáteis e outros aparelhos eletrônicos nas bagagens de cabine de alguns voos diretos procedentes de Turquia, Líbano, Jordânia, Egito, Tunísia e Arábia Saudita.





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados