Trabalhadores em educação aceitam contraproposta mas condicionam à incorporação de gratificação já

NO AR

A VOZ DO BRASIL com RADIO EBC

TOP 5

1

A Gente Fez Amor

Gusttavo Lima
2

Com Ou Sem Mim

Gustavo Mioto
3

Graveto

Marília Mendonça
4

Liberdade Provisória

Henrique e Juliano
5

Água Com Açúcar

Luan Santana

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 16 de Março de 2016

Trabalhadores em educação aceitam contraproposta mas condicionam à incorporação de gratificação já

 Convocados pelo Sintero os trabalhadores em educação estaduais se reuniram em assembleias em todo o Estado para discutir e deliberar sobre a contraproposta do governo do Estado à pauta de reivindicações da categoria para 2016.

As assembléias foram realizadas simultaneamente na manhã desta terça-feira, dia 15/03, na Sede do Sintero, em Porto Velho, e em todas as Regionais no interior, e serviram, também para marcar o início da greve nacional de três dias, convocada pela CNTE.

Durante as assembléias os trabalhadores em educação aprovaram por ampla maioria a aceitação da contraproposta do governo, com a condição de que a incorporação da gratificação de 10% ao vencimento seja neste mês de março, e não em agosto (o que vai beneficiar, também, os aposentados); e em algumas regionais foi apresentada uma nova proposta de alteração da quantidade de aulas nas disciplinas de Matemática, Língua Portuguesa, História, Ciências e Geografia.

O governo havia oferecido aumento da gratificação de R$ 280,00 para R$ 620,00 que além dos professores, passa a beneficiar, também, os orientadores e supervisores, conforme a Lei nº 680/2012; os professores que atuam no 1º e 2º ano do Ensino Fundamental, os professores de CAA, CBA e os que atuam no ensino especial poderão optar pela gratificação que já recebem, ou pela gratificação de R$ 620,00, o que for mais vantajoso; concessão de auxílio alimentação de R$ 253,00 por mês para todos os trabalhadores em educação; o governo retira o artigo da lei que trata do desconto de faltas por atestado médico na concessão da gratificação; e possibilidade de incorporação ao vencimento, no mês de agosto, do auxílio educação de 10% para todos os trabalhadores em educação (nesse caso os trabalhadores aceitam se a incorporação ocorrer já em março). Ou seja, a nova proposta acaba beneficiando também aqueles que não foram contemplados na proposta anterior.

Tudo isso condicionado à alteração do módulo aula para 32 aulas de 48 minutos, que na prática seriam de 45 minutos.

O governo garante, ainda, a continuidade do pagamento de R$ 300 mil por mês em licença prêmio, sendo R$ 50 mil para aposentados, R$ 50 mil para portadores de doença grave, e R$ 200 mil para professores em sala de aula e Técnicos Educacionais, e a possibilidade de conceder a licença aos trabalhadores em educação que estão sem lotação.

Também fica garantida pelo governo a continuidade da implantação do auxílio transporte gradativamente, como vem ocorrendo.

 





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2020 Todos os direitos reservados