Deputado Anderson ouve reivindicações de servidores do Detran

NO AR

MANIA SERTANEJA com Hailton Freitas

TOP 5

1

Milu

Gusttavo Lima
2

Ferida Curada

Zé Neto & Cristiano
3

Quando a Bad Bater

Luan Santana
4

Para, Pensa e Volta

Yasmin Santos part. Marília Mendonça
5

Dois Lados

Wesley Safadão

ENQUETE

O QUE VOCÊ GOSTARIA DE OUVIR NA ONDA SUL?

FACEBOOK

TEMPO VILHENA

 


Data: 03 de Junho de 2017

Deputado Anderson ouve reivindicações de servidores do Detran

Parlamentar discutiu projeto de lei que institui jornada de trabalho e cria trabalho voluntário...

Servidores do Detran, acompanhados do presidente do sindicato da categoria (Sisdet), Adonias Rodrigues de Deus, e do delegado da Federação de Trânsito (Fetran), Anderson Roberto de Souza Rivero, estiveram na manhã desta sexta-feira (31) reunidos no Plenarinho da Assembleia Legislativa com o deputado Anderson do Singeperon (PV). 

O tema da discussão foi a escala de trabalho proposta pelo Executivo na Lei nº 662/2017, que institui “Jornada de Trabalho nos Regimes 12x36 e 12x48 horas, cria a Gratificação de Atividade Voluntária de Fiscalização de Trânsito e a Gratificação de Atividade Voluntária de Trânsito no âmbito do Detran”. 

Adonias deixou claro que após ouvir os servidores ficou decidido que a classe não tem condições de cumprir com a escala criada, uma vez que as ações desempenhadas nas operações “Lei Seca”, foram sempre cumpridas pela Polícia Militar e Polícia Civil, gerando assim o embate. 

Na lei prevista fica a cargo dos agentes públicos, além de desempenharem suas funções diárias nos horários de 6h30 às 12h30 ou de 13h30 às 18h30, cumprirem também a escala em dias de folgas, sendo elas nos fins de semanas e feriados, diurnos e noturnos. 

O presidente sugere que não haja disparidade, pois a escala foi criada apenas para os servidores da capital e não para o interior. Adonias afirma que fica muito desgastante um trabalho de 12h nas ruas sem as mínimas condições e respaldo do Detran, mesmo que seja remunerado. 

O delegado da Fetran, Anderson Roberto, afirmou que além do desgaste de exposição ao sol, poeira e chuva, os servidores colocam a ‘cara a tapa’, ficando na mira da população com riscos de sofrerem agressões e ameaças. 

O parlamentar reconheceu a reivindicação apresentada e prometeu discutir o assunto com o procurador do Detran, que não pode comparecer a reunião. Anderson informou que o projeto, que ainda não está tramitando, iniciou errado, pois foi criado sem debater com a classe e ouvir posicionamentos.

O deputado destacou que algumas discussões sobre a lei haviam sido iniciadas com o deputado Jesuino Boabaid (PMN), no que tange à participação das Polícias Militar e Civil.  “Sugiro que a comissão busque apoio para a categoria com os demais deputados, pois será muito importante na hora de decidir a aprovação ou não da lei. O apoio serve para que não haja impedimento ou prejuízos à categoria”, ressaltou deputado Anderson.

 

ALE/RO - DECOM - Luiz Junior

Foto: Lusângela França





FÃ CLUBE

Área do site reservada aos fãs da Rádio Onda Sul FM 94,9. Se você ainda não se cadastrou Clique Aqui para solicitar sua carteirinha gratuitamente, para participar das promoções exclusivas que só os fãs da Rádio Onda Sul FM têm.

CONTATO

(69) 3321-1130 Avenida Rio de Janeiro, 3986 - Setor 19 Vilhena RO
Softwei Engenharia de Sistema
Desenvolvido por Billtech, Buscazip & Guiaking © 2013 - 2019 Todos os direitos reservados